O que faz um Representante Comercial?

Para aumentar o nível de conhecimento, verificamos que o melhor conceito de representação empresarial está em uma lei promulgada em 1965, que afirma:

“ Exerce a representação comercial autônoma a pessoa jurídica ou a pessoa física, sem relação de emprego, que desempenha, em caráter não eventual por conta de uma ou mais pessoas, a mediação para a realização de negócios mercantis, agenciando propostas ou pedidos, para, transmiti-los aos representados, praticando ou não atos relacionados com a execução dos negócios.”

Em suma, um representante comercial é definido como uma pessoa ou empresa que não possui vínculo empregatício e não realiza negócios (vendas) ocasionalmente (ou seja, regularmente).


Diferença entre representante comercial e vendedor

Essa é uma confusão comum de muitas pessoas, e para resolver esse problema, entendemos: Apesar de as funções serem muito parecidas, a maior diferença é que o vendedor é um funcionário da empresa, e o representante, seja pessoa física ou pessoa jurídica, não.

Para as empresas que optam por trabalhar com vendedores, isso significa maior controle, mas custos trabalhistas mais altos, e as empresas que escolhem representantes de vendas para preencher essa função têm custos mais baixos.

Por outro lado, eles também têm menos controle sobre a operação. Vale a pena pesar os pontos positivos e negativos de cada um para determinar o que faz mais sentido para a empresa.